DÚVIDAS FREQUENTES

faq

SAIBA MAIS SOBRE TRANSPORTE DE VEÍCULOS

O Transporte é realizado em carreta tipo cegonha, onde se é possível transportar até 11 veículos, existe também o Caminhão-Plataforma, um pouco menor e que pode transportar de 1 a 3 veículos, dependendo de seu tamanho. Se você desejar que o veículo seja retirado em seu endereço provavelmente seu veículo será coletado em um desses caminhões, já que a cegonha não entra em determinados endereços, tendo em vista seu tamanho (Aproximadamente 22 metros). Você oide contratar a carreta fechada, geralmente este serviço, e contratado por empresas para locomoção de frotas, ou transporte individual, geralmente no caso de Pessoa Física.

OUTRAS DÚVIDAS

CUSTO

Vai depender do Tamanho do veículo, valor de mercado e trajeto do Transporte. Se o seu veículo é um carro popular e o trajeto solicitado é de São Paulo / SP a Salvador / BA, você gastará em média R$900,00 e prazo geralmente é de 5 dias. Agora se você deseja transportar um SUV de valor acima de R$100.000,00, no trecho Curitiba / PR a Manaus / AM, terá que desembolsar aproximadamente R$3.000,00 e seu veículo pode demorar até 30 dias.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Para o transporte de veículo semi-novo emplacado basta o CRLV ou cópia autenticada, no caso de veículo 0Km ou veículo de Leilão será necessário a Nota Fiscal. Para veículos com origem nos estados do Norte é necessário a retirada do Nada Consta do DETRAN.

Quando você entregar seu veículo deverá ser feito o Checklist, onde deverá descrever as condições do veículo, deverá se anotado toda e qualquer avaria que o veículo possua, bem como itens de série e opcionais do veículo tais como macaco, chave de rodas, extintor, manual e etc, este documento deverá ser feito em duas vias e assinado por quem entrega e por quem entrega e por quem recebe o veículo, uma via permanecerá no veículo e a outra ficará com o cliente.

Para viajem a empresa deverá emitir o CT-e (Conhecimento de Transporte) e o MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais), Documentos Fiscais, onde recolhe o ICMS e estabelece prestação de Serviço entre a empresa e o cliente. Este documento pode ser averbar seguro pelo valor da Nota Fiscal ou Tabela FIPE em caso de veículos Seminovos. É ideal que a empresa formalize a proposta de frete também, onde deveram estar claras as informações da seguradora, o que cobre e não cobre, o Fórum em caso de divergências, responsabilidades da empresa e do cliente etc.

CONTRATO

A LEI Nº9.11, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998 CAPÍTULO III Art. 8º do código Civil estabelece:

DO CONTRATO DE TRANSPORTE

O Conhecimento de Transporte (CT-e) Mutimodal de Cargas evidencia o contrato de transporte multimodal e rege a toda a operação de transporte desde o recebimento da carga até a sua entrega no destino, podendo ser negociável ou não negociável, a critério do expedidor.

Art. 9º a emissão do Conhecimento de Transporte Multimodal de Cargas e o recebimento da carga pelo Operador de Transporte Multimodal dão eficácia ao contrato de transporte multimodal.

Assim sendo, por se tratar geralmente de uma única contratação do serviço e desnecessário, ainda a o agravante que contratos sem firma reconhecida perdem o valor. O CT-e que é a Nota Fiscal da prestação de serviço de transporte juntamente com a formalização e aceite da proposta entre ambos, da ao cliente e a transportadora todo amparo legal.

Desconfie de preços absurdamente baixo, para averbação de seguro, recolhimento de impostos, pedágios, taxas com licenças para trafego de cegonha, manutenção da frota há um custo e se a empresa esta cobrando valor muito baixo é porque está deixando de cumprir com algumas de sua obrigações.

Para maiores informações, entre em contato